Publicado em: 15/02/2019 13h06 – Atualizado em: 06/06/2019 14h27

25/02/2019

Curso capacitará magistrados em pesquisa empírica aplicada à Justiça Federal

A Escola de Magistrados realizará em seu auditório, a partir de 1º de abril, o curso “Metodologia da Pesquisa Empírica Aplicada à Justiça Federal”, sob a coordenação do Juiz Federal Bruno Takahashi. O objetivo é capacitar magistrados em métodos e técnicas de pesquisa para a produção interna de dados sobre sua atuação e para o planejamento de um eventual centro de pesquisas empíricas na EMAG.
A Justiça brasileira ainda carece de métodos de pesquisa sobre seu funcionamento. Por falta de uma análise crítica de dados, divulgam-se ideias distorcidas, como, por exemplo, que a maior parte das decisões judiciais gera recurso, ou que a execução fiscal não promove o pagamento da dívida ou, ainda, que a maior parte dos benefícios previdenciários é concedida judicialmente. Tal senso comum, frequentemente, é compartilhado inclusive pelos próprios juízes, interferindo, assim, na decisão judicial a ser tomada e, até mesmo, nas políticas gerenciais adotadas pelos tribunais.
Por meio de aulas expositivas-dialogadas e oficinas, o curso capacitará os magistrados a planejar e implantar projeto de pesquisa empírica relativo à Justiça Federal. Pretende-se, desse modo, contribuir para o conhecimento mais aprofundado deste segmento de justiça, com reflexos positivos para a qualidade das decisões judiciais e a gestão processual.

 

Curso “Metodologia da Pesquisa Empírica Aplicada à Justiça Federal”

Período: 1º a 29 de abril de 2019

Horário: 9h às 19h

Local: Auditório EMAG – Av. Paulista, 1912 – 1º andar

Modalidade: presencial, com transmissão por videoconferência

Inscrições: www.trf3.jus.br/semag/