Publicado em: 26/02/2018 13h48 – Atualizado em: 11/10/2018 17h00

11/10/18

CURSO DE HISTÓRIA DA ARTE DÁ INÍCIO A MAIS UMA EDIÇÃO

Começou ontem, 10/10, mais uma edição do curso História da Arte – Módulo I – Idade Antiga – as origens das tradições estéticas.

O curso é uma iniciativa da EMAG em conjunto com o servidor Wladimir Wagner Rodrigues, mestre em artes pela UNESP. A ideia é proporcionar a magistrados, servidores federais e o público em geral o contato com outros saberes além de o jurídico, pensando em despertar a sensibilidade para a apreciação de obras de arte, não só do ponto de vista estético e social, mas também em suas outras interfaces.

O interesse tem sido tão grande que o curso já está completando 10 anos, desde quando a primeira turma foi ofertada em 2008.

Além das aulas teóricas estão programadas duas visitas a museus. Ao final do curso, os interessados poderão elaborar um trabalho, não obrigatório, que consistirá num exercício de reflexão sobre uma ou mais obras de que goste ou mesmo de que não goste.

A primeira aula versou sobre fatores que podem influenciar nossa visão das obras, tais como o tempo e os deslocamentos geográficos. Houve também uma discussão introdutória sobre o que é ou não arte, quem determina o que é arte, o sistema de arte (academia, galerias, museus, mercados) que valida ou não obras artísticas. O conceito de belo, que varia muito no tempo e no espaço, e noções como o apolíneo e o dionisíaco também foram objeto de reflexão na primeira aula. Haverá um aprofundamento dessas discussões nos encontros subsequentes.

O curso ocorrerá em 13 encontros que se estenderão até o dia 5 de dezembro. O módulo I fornece um panorama desde a Arte Rupreste até uma introdução ao Renascimento.