As atividades presenciais do TRF3 estão sendo retomadas de maneira gradual. Para atendimento, faça agendamento por e-mail

Publicado em: 28/09/2020 14h30 – Atualizado em: 20/10/2020 19h15

E nem

LEMBRE-SE:

Quando usar

E NEM

Nem é uma conjunção aditiva cujo uso pressupõe, antes, uma oração negativa. Temo sentido de e não. Por isso, nesse caso não se deve empregar e nem.

“A aglomeração é tão grande que não se anda nem se consegue respirar direito.”

“As testemunhas alegaram que não conhecem nem viram aquele homem na cena do crime.”

Também não se deve usar o e quando nem tem o sentido de e sem.

Sem o título nem (e sem) a faixa de Miss Simpatia, aquela candidata que se considerava favorita saiu arrasada do concurso.”

“Depois de tantos anos de fama e fortuna, aquela artista terminou seus dias sem dinheiro nem (e sem) amigos.”

O conjunto de duas conjunções aditivas e nem só é admitido nos casos em que não há uma frase negativa antes.

“Eles trabalharam duro o dia inteiro e nem tiveram tempo para almoçar.”

“Virgínia voltou de viagem ontem e nem me ligou ainda.”

Ou quando quisermos dar o sentido de e muito menos.

“Eles não gostam de estudar e nem (e muito menos)se empenham em procurar algo que lhes interesse.”

Também se usa e nem nestes casos:

1. Com o sentido de mas não:

“Eles foram muito bem remunerados pelo serviço e nem (mas não)se lembraram de agradecer ao agente que os contratou.”

2. Na expressão e nem sequer:

“A rivalidade daqueles tenistas é tanta, a ponto de eles não se cumprimentarem e nem sequer se olharem no fim da partida.”

3. Na expressão e nem por isso:

“A obra do maestro e compositor alemão Richard Wagner foi associada ao nazismo e nem por isso ela deixou de ser cultuada por todos aqueles que amam a boa música clássica.”

4. Na expressão e nem assim:

“A cantora e compositora britânica Amy Winehouse via que o uso de álcool e drogas prejudicava sua vida pessoal e sua carreira e nem assim ela conseguiu se livrar da dependência química.”

5. Na expressão e nem sempre:

“Ele estudava tanto e nem sempre conseguia tirar boas notas. Isso o desanimava muito.”