Publicado em: 25/02/2021 15h42 – Atualizado em: 23/08/2021 14h27

Onde / Em que

LEMBRE-SE:

Uso de ONDE / EM QUE

Frequentemente observamos o uso indiscriminado de onde no lugar de em que, sobretudo em linguagem informal. No entanto, é importante lembrar que o emprego de ambos tem algumas distinções.

Emprega-se, indistintamente, onde e em que sempre que houver referência a um lugar físico.

“Foi nesta cidade onde vivi os melhores anos de minha vida.”

“Foi nesta cidade em que (ou na qual) vivi os melhores anos de minha vida.”

“Nova Zelândia é o país onde se adotaa melhor política de prevenção contra a Covid-19.”

“Nova Zelândia é o país em que (ou no qual) se adota a melhor política de prevenção contra a Covid-19.”

Em todos os outros casos em que não se verificar alusão a um espaço físico, devemosusar em que, no qual, na qual.

“A portaria em que (na qual) consta a suspensão de prazos processuais foi publicada ontem.” (e não: “a portaria onde consta”)

“Foi neste livro em que (no qual) encontrei a melhor definição do conceito de sindemia, uma área de estudos ainda pouco conhecida.” (e não: “foi neste livro onde encontrei”)

A propósito, há casos em que onde é usado com sentido totalmente inadequado.

“Foi onde todos começaram a gritar e correr, sem que se soubesse o motivo.”

“Como diria a expressão popular, este é um daqueles momentos onde a porca torce o rabo.”

Nos casos acima, a ideia é de tempo, e não de espaço físico, de lugar. Por isso, deve-se empregar quando.

“Foi quando todos começaram a gritar e correr, sem que se soubesse o motivo.”

“Como diria a expressão popular, este é um daqueles momentos quando a porca torce o rabo.”

Como se vê, precisamos estar atentos, pois nem sempre podemos substituir em que por onde.

Já que estamos falando de onde, vamos relembrar que esse advérbio é empregado nos casos em que a ideia prevalente for a de permanência em um lugar.

Onde está aquele vestido que te emprestei outro dia?”

“Aquele lá é que nem alfinete, onde o espetam, ele fica.”

Lembre-se de que, ao se empregar um verbo de movimento, deve-se usar a forma aonde.

“Alguém sabe aonde vão aquelas pessoas tão afoitas e apressadas?”

“Ela é tão inconsequente que não consegue ver aonde seus atos podem levá-la.”