Publicado em: 07/12/2020 13h35 – Atualizado em: 23/08/2021 14h27

Parônimos: mais alguns exemplos (III)

LEMBRE-SE:

Para não confundir

PARÔNIMOS: MAIS ALGUNS EXEMPLOS (III)

Dando continuidade à nossa exemplificação de parônimos, vamos ver a seguir mais algumas palavras com pronúncia e grafia parecidas e significados distintos.

ALEATÓRIO:casual, fortuito, acidental; que é marcado pela imprevisibilidade.

“Há pessoas que parecem fazer apenas escolhas aleatórias na vida, pois não se consegue perceber um mínimo nexo causal por trás de tais decisões.”

 ALHEATÓRIO: alienado; alheio aos acontecimentos.

 “Sua atitude alheatória diante do fato não o eximiu de ser responsabilizado pela fraude cometida.”

INQUERIR: apertar com cordas a carga transportada por animais.

“A falta de cuidado do caminhoneiro ao inquerir o carregamento pode ter causado aquele acidente que paralisou por horas a circulação na rodovia.”

INQUIRIR: interrogar judicialmente; indagar; questionar; pesquisar; investigar.

“Por causa da crise entre os dois países, o Ministro das Relações Exteriores teve de inquirir o embaixador, a fim de esclarecer os fatos e tomar uma decisão conciliatória.”

PENHOR: transferência de um bem móvel, ou mobilizável, ao credor ou a quem o representa, como garantia de que a obrigação assumida pelo devedor
será cumprida. Se este descumprir a obrigação, o bem dado em garantia permanecerá com o credor para o cumprimento da dívida.

“A lei é clara: uma vez que o penhor é extinto, o bem empenhado deve ser devolvido ao devedor.”

PENHORA: ato judicial, emitido pelo juiz, no qual se apreendem bens do devedor para que se cumpra o pagamento da dívida assumida.

“Em razão do não cumprimento do prazo estabelecido para a quitação da dívida cobrada em juízo, foi realizada a penhora de um dos veículos da coleção do executado.”

PROCEDENTE: proveniente, oriundo, concludente.

“Uma vez que o magistrado considere procedente a investigação de paternidade, os alimentos são devidos a partir do momento em que se realiza a citação.”

PRECEDENTE: antecedente; fato ou circunstância considerados em relação de anterioridade a outros de natureza igual ou semelhante; deliberação ou procedimento que serve de critério ou pretexto a práticas posteriores  semelhantes.

“Além de segurança jurídica, a utilização dos precedentes nas decisões judiciais permite a otimização do processo de trabalho dos julgadores, considerando-se o alto índice de litigiosidade na sociedade brasileira.”

Mais uma vez, como vemos nos exemplos acima, concluímos que se deve prestar muita atenção ao uso da palavra exata no contexto certo. Do contrário, não seremos claros naquilo que queremos expressar.