Publicado em: 05/10/2020 13h38 – Atualizado em: 23/08/2021 14h27

Todo – todo o / todos – todos os

LEMBRE-SE:

Quando empregar

TODO – TODO O / TODOS – TODOS OS

O pronome indefinidotodo,no singular, pode vir acompanhado, ou não, de artigo definido.

Usa-setodo,sem o artigo, quando se quer expressar a ideia de “cada”, “qualquer”.

“Não é todo país que tem um parque industrial de alta tecnologia, pois é necessário um grande investimento estatal.” (todo país = qualquer país)

“Para o bem coletivo, todo cidadão tem que respeitar a lei.” (todo cidadão = qualquer cidadão)

“Como diz Chico Buarque na canção Cotidiano, ‘todo dia ela faz tudo sempre igual’.” (todo dia = cada dia)

Toda matéria tem um professor responsável pela elaboração do material didático e pelo plantão de dúvidas.” (toda matéria = cada matéria)

Para exprimir a noção de “inteiro”, de “totalidade”, deve-se empregar todo o, toda a.

“Ler todo o livro foi difícil, pois, além de longo, a trama não prende o leitor.” (todo o livro = o livro inteiro)

Toda a turma foi punida por causa do mau comportamento de uns poucos alunos.” (toda a turma = a turma inteira)

No plural, o pronometodos vem acompanhado de artigo, quando indica a totalidade das pessoas ou dos representantes de determinada categoria, grupo ou espécie.

Todos os processos daquele gabinete foram digitalizados.”

Todas as medidas foram tomadas visando ao bem-estar da comunidade.”

No entanto, nem sempre todos vem acompanhado de artigo, como, por exemplo, nos casos a seguir:  

1) Quando vem acompanhado de um predicativo, ou seja, de um termo que lhe atribui uma qualidade ou característica, dispensa-se o uso do artigo.

       “A Polícia Federal apreendeu as mercadorias daquela loja, todas roubadas.”    
    
  Nesse caso, roubadas atribui uma característica ao sujeitotodas. É o
      
predicativo do sujeito. O verbo de ligação do sujeito com o predicativo está
       subentendido: “todaseram roubadas”. 

2) Quando é seguido de outropronome, também não se deve colocar artigo.

Todos aqueles servidores foram aprovados no último concurso público.”

Observe que nessa frasetodosé acompanhado do pronome demonstrativo “aqueles”. Por isso, não é seguido de artigo.

“O organizador do desfile afirmou que todas essas modelos devem se apresentar amanhã de manhã para prova de roupas e teste de maquiagem.”

       Aqui,todasé seguido do pronome demonstrativo “essas”.  Também não é
      necessário o uso do artigo.

No caso de todos seguido de numeral, a questão é mais complexa.

1) Se o numeral vier acompanhado de substantivo, o pronome todos deve ser usado com o artigo.

 “Todos os quatro desembargadores da Turma votaram a favor do réu.”

Note que aqui o numeral “quatro” está acompanhado do substantivo “desembargadores”.

Todas as cinco atrizes daquela peça de teatro são estrelas globais.”

Aqui, o numeral “cinco” está acompanhado do substantivo “atrizes”.

2)Se o numeral vier sozinho, sem substantivo ao lado, não se emprega o artigo.

 

Todos quatro votaram a favor do réu.”

“Comprei as cinco obras daquela escritora e li todas cinco de uma só vez.”

Uma última observação: Evite usar a expressão “todos os dois”, prefira dizer “os dois” ou “ambos”.