Publicado em: 30/07/2021 12h28 – Atualizado em: 23/08/2021 14h27

EMAG e Comissão de Equidade de Gênero promovem o evento “Mulheres no Judiciário”

Apesar do aumento da presença de mulheres em cargos da magistratura, de 24%, em 1998, para 38%, em 2019, a participação feminina ainda é muito baixa em grande parte dos tribunais. A evolução foi lenta: somente em 1990 tivemos a primeira mulher ministra, Cnéa Cimini, no TST. Nove anos depois, em 1999, Eliana Calmon tornou-se a primeira ministra do STJ. Já a primeira ministra do STF, Ellen Gracie, tomou posse somente em 2002. Portanto, temos muito a refletir sobre os motivos por que o Judiciário se mostra ainda pouco receptivo à participação feminina. Para responder a essa indagação e pensar no futuro da mulher na Justiça, a EMAG e a Comissão de Equidade de Gênero do TRF3, em parceria com o Comitê Vozes e o Grupo Mulheres do Brasil – Recife, apresentam owebinário “Mulheres no Judiciário”.

O evento terá a participação da DesembargadoraFederal Therezinha Cazerta, Presidente da Comissão de Equidade de Gênero do TRF3 e Diretora da Escola de Magistrados-EMAG, do Desembargador Federal José Marcos Lunardelli, da líder do Comitê Vozes do Grupo Mulheres do Brasil - Núcleo Recife Mary Elbe Queiroz, da advogada criminalista Daniela Teixeira e da Presidente do Conselho do Magazine Luiza e do Grupo Mulheres do Brasil Luiza Helena Trajano. O evento acontecerá no dia 04/08, às 18h30, com transmissão ao vivo pelo Zoom.