Publicado em: 03/05/2021 18h48 – Atualizado em: 03/05/2021 19h00

Enquete sobre o Projeto Desnudando

Temas atuais e relevantes como questões relacionadas à equidade de gênero, valorização da diversidade étnico-racial, combate ao racismo e a qualquer forma de discriminação social merecem ser revelados, analisados, decifrados. Essa foi a premissa que ensejou o projeto “Desnudando”, pelo qual a EMAG busca promover a formação humanística dos magistrados e a interdisciplinaridade, que é uma das diretrizes da Enfam.

Em 2020, foram realizados três ciclos de palestras:

“Desnudando Estereótipos” trouxe à tona temas como a participação feminina no Judiciário, as relações entre mulher e grafite, a decisão sob a ótica da neurociência, as escolhas femininas para a maturidade, além dos mitos e tabus sobre diversidade de gênero.

“Desnudando Preconceitos” suscitou o debate sobre as múltiplas manifestações de preconceito e racismo, focando sobretudo nos temas relacionados a ciganos, antissemitismo, negros e indígenas. 

“Desnudando Fake News”, sintonizado com o eixo temático “meios de comunicação de massa e o uso das redes sociais”, discutiu falsas notícias, dever de veracidade, conteúdo falso, democracia, mulher, verdade, ficção e cinismo.

Em 2021, tivemos:

"Desnudando Lockdown", que se concentrou na pandemia e na perspectiva de isolamento social rígido com bloqueio de atividades gerais, analisou comportamentos e repercussões sob a ótica da economia e da medicina.

O conteúdo integral está disponível no canal da EMAG no YouTube (www.youtube.com/emagtrf3) e na página da EMAG no site do TRF3 (www.trf3.jus.br/emag).

Nos próximos 12 meses, a EMAG pretende realizar novos ciclos de debates pelo projeto “Desnudando”. Por esse motivo, solicita a todos para colaborarem com propostas de temas que se amoldem à essência desse importante espaço de encontros e de compartilhamento de ideias.

Pensando na continuidade do projeto, gostaríamos de saber quais temas você considera interessantes para serem desnudados em 2021. Responda aqui.

Publicada em 20/4/2021