TRF3SPMSJEF

Acessibilidade

alto contraste
Transparência e Prestação de contas
Intranet - Acesso Restrito
Menu
InternetEscola de Magistrados#EMAGConectaConexãoEMAG - Língua PortuguesaCrase (VI)

Crase (VI)

LEMBRE-SE:

Quando empregar

Crase (VI): dois casos específicos

Hoje vamos tratar de duas situações em que o uso da crase é muito específico. A primeira refere-se à palavra “terra”.

Quando se emprega o substantivo “terra” no sentido de “terra firme”, em contraste com a ideia de “mar” ou “rio”, não se usa crase.

“O navio já estava chegando a terra quando recebeu ordem de voltar, pois não havia condições de desembarque.”

“Os tripulantes da embarcação desceram a terra para conhecer os moradores daquela cidade à beira-mar.”

Observe que, usando-se outras preposições, também não se emprega o artigo, o que comprova a inexistência de crase:

“Não há evidências que, em terra, os marinheiros fizeram algo de errado. Se cometeram algum delito, isso foi em alto-mar.” (“em” = preposição)

“Os tripulantes irão por terra até a cidade mais próxima.” (“por” = preposição)

Nos demais casos, em que não existe essa distinção entre “terra firme” e “mar/rio”, faz-se necessário o emprego da crase.

“Depois de muitos anos tentando conseguir emprego em São Paulo e sempre receber um não como resposta, ele resolveu voltar à terra natal, onde encontrou trabalho e acolhida de sua família.”

“Os astronautas da Estação Espacial Internacional voltarão à Terra depois de terminarem uma série de experimentos científicos e reparos na estrutura da espaçonave.”

O outro caso que queremos destacar é em relação à palavra “casa”. No sentido de “lar”, “domicílio”, não se usa crase.

“Depois de caminhar mais de dez quilômetros, ela chegou exausta a casa.”

“Teve que voltar a casa porque, no meio do caminho, lembrou-se de que tinha esquecido a carteira e o telemóvel.”

É fácil identificar que o artigo não é usado nesse caso, quando se observam exemplos com outras preposições.

“Ô de casa!” (“de” = preposição)

“Antes de voltar a trabalhar, Pietro esteve em casa para almoçar. (“em” = preposição)

No entanto, se a palavra “casa” vier seguida de qualquer qualificação, a crase será empregada.

“Depois do café da manhã, iremos à Casa França-Brasil para ver a exposição de pintura contemporânea.”

“A primeira vez que fui à casa de Leonor, fiquei espantado com a desorganização. Ela vive em um verdadeiro bricabraque!”

Por hoje, é só. Na próxima publicação, trataremos dos casos facultativos do uso da crase. Até lá!

Publicado em 23/09/2021 às 19h36 e atualizado em 16/02/2022 às 16h25