TRF3SPMSJEF

Acessibilidade

alto contraste
Transparência e Prestação de contas
Intranet - Acesso Restrito
Menu
InternetEscola de Magistrados#EMAGConectaConexãoEMAG - Língua PortuguesaEmprego do pronome demonstrativo AQUELE

Emprego do pronome demonstrativo AQUELE

LEMBRE-SE:

Emprego do pronome demonstrativo AQUELE

Hoje, para concluir, trataremos dos pronomes demonstrativos aquele (aquela, aqueles, aquelas), aquiloe seus derivados, que são empregados nos seguintes casos:

1) Para se referir a seres e objetos que se encontram distantes do falante e de seu interlocutor.

"Aquela bolsa largada na chapelaria é sua, Mariana?”
“Você sabe de onde está vindo aquele vozerio?”
“Qualquer dia destes irei ao Real Gabinete Português de Leitura, no Rio de Janeiro. Somente lá consigo encontrar aqueles títulos raros do século XIX"

 

2) Para se referir ao que tem relação com a pessoa de quem se fala (3.a pessoa do discurso ─ ele, ela, eles, elas).

"Aquelas palavras não fazem o menor sentido para mim, tampouco para você.” (o pressuposto é que uma 3.a pessoa disse tais palavras) 
“Seus trejeitos me lembram muito aqueles de Malvina Cruela, do filme 101 Dálmatas.” (aqueles são os trejeitos, ou seja, as expressões da personagem do filme)

“Toda vez que me lembro daquilo que Wilson fez, um filme muito triste passa pela minha cabeça.” (daquilo se refere a alguma atitude que ele,  Wilson, teve)

 

3) Para se referir a um tempo passado ou futuro, tempo esse muito distante, praticamente remoto.

Naquele tempo, as pessoas tinham bem mais comprometimento, você não acha?” 
Naquela época em que Cláudia passou no concurso, ainda se prestava prova de datilografia. Você pode imaginar quanto tempo faz isso?”
Aquele foi um período muito difícil para Clarinda. Deixou marcas que ela nunca superou.”

 

Publicado em 26/10/2020 às 14h22 e atualizado em 16/02/2022 às 16h25